A saúde oral na gravidez: questões mais frequentes

Gravidez, Saúde & Cuidados na Gravidez

29 de Maio de 2020

Se não for devidamente cuidada, a Saúde Oral na gravidez pode trazer consequências bastante sérias para o bebé. Por isso, deve redobrar os seus habituais cuidados com os dentes na gravidez. 

Dicas

  • Escolha uma escova macia

Sobretudo na fase de gravidez, em que as gengivas estão mais sensíveis, não use escovas duras. Lembre-se que escovar os dentes não significa esfregá-los a todo o custo e proteja o esmalte e as gengivas.

  • Utilize uma pasta com flúor

Existem várias pastas dentífricas disponíveis no mercado. Por isso, garanta que utiliza a recomendada pelo seu Médico Dentista e que essa solução contém flúor, essencial para a prevenção de cáries. 

  • Não se esqueça do fio dentário

O uso de fio dentário é a única forma de remover eficazmente os restos alimentares entre os dentes. Desta forma, previne também a formação de cáries e a inflamação gengival. Deverá fazê-lo uma vez por dia, antes da escovagem. Mas cuidado ao usá-lo; as gengivas na gravidez estão mais sensíveis, então deve ser usado com atenção para evitar cortes ou traumas na região.

  • Higienize a língua

Para completar o trabalho e lavar a sua boca por completo, não se esqueça de escovar também a língua. Faça-o de forma suave, da base até à ponta, removendo as bactérias que se alojam nessa zona. 

Dúvidas esclarecidas pela Ordem dos Médicos Dentistas

  • A gravidez enfraquece os dentes e, por isso, há maior risco para a doença cárie?

Não. Durante a gestação pode haver agravamento das condições da má saúde oral, mas por si só a gravidez não aumenta a incidência de cárie dentária.

  • Durante a gravidez, os dentes enfraquecem porque há perda de cálcio para o bebé?

Não. O cálcio está presente nos dentes da mãe, de forma estável e cristalina, não sendo disponível para a circulação sistémica. 

  • A gengiva sangra mais durante a gravidez?

Sim. Devido a alterações hormonais a gengiva pode doer e sangrar facilmente, a situação agrava-se se não existirem cuidados adequados de higiene oral.

  • Em caso de dor de dentes, que medicação por ser feita?

Nunca se automedique. A grávida deve consultar um Médico Dentista para que lhe seja prescrita medicação ou efectuados os tratamentos dentários adequados que solucionem a situação dolorosa.

  • Uma grávida pode fazer qualquer tipo de tratamento dentário?

Sim. Mesmo que necessite de anestesia. Uma infecção oral é mais prejudicial para o bebé do que o tratamento dentário. O ideal seria fazer consulta de medicina dentária antes da gravidez a fim de evitar infecções orais durante este período. As consultas devem ser de curta duração preferencialmente de manhã, sendo mais indicado o segundo trimestre da gestação.

  • Como é que a higiene oral da grávida pode influenciar o bem-estar do bebé?

A higiene oral é a mais eficaz medida preventiva para evitar infecções da cavidade oral. A mãe pode infectar o bebé por meio de microrganismos provenientes de doenças infecciosas como a cárie dentária e doenças periodontais.

Visite seu médico dentista regularmente. Se estiver grávida, é ainda mais importante que o faça. E não se esqueça de sorrir!

Artigo escrito pela Equipa Mamãs Sem Dúvidas, com base nas recomendações da Ordem dos Médicos Dentistas

 

Conheça os conselhos da Drª Inês Guerra Pereira neste vídeo

Partilhar artigo

Artigos Relacionados