casal grávido deitado no sofá durante terceiro trimestre de gravidez

O que acontece no terceiro trimestre da gravidez?

Estou Grávida e Agora?

29 de Maio de 2020

Depois do primeiro e segundo trimestres de gestação, chegou, finalmente, ao terceiro (e último!) trimestre da gravidez.  A ansiedade para conhecer seu bebé, poder pegá-lo no colo e dar todo o carinho e amor aumenta junto com o tamanho da sua barriga.

O terceiro trimestre começa na 27ª semana e prolonga-se até a 40ª semana, se a gestação for até esse período. Isto porque muitos bebés nascem entre a 37ª e a 42ª semana.

O que acontece com a mamã?

Neste terceiro trimestre, os sintomas sentidos pela mamã estão relacionados ao peso que está a carregar: o que ganhou durante a gravidez e o do bebé. Quanto mais perto das 40 semanas de gestação, mais comuns são alguns sintomas:

  • Cãibras: principalmente no período da noite. A solução é alongar as pernas antes de se deitar.
  • Inchaço: é muito comum no final da gravidez e é notado, especialmente, nas pernas, mãos e pés. Manter as pernas elevadas ao deitar ou sentar e evitar passar longos períodos em pé poderá ajudar a reduzir o desconforto.
  • Azia: Acontece pela pressão da barriga sobre o estômago. Alimente-se de forma saudável e em pequenas quantidades, diversas vezes ao dia e evite deitar-se logo após as refeições.
  • Dor nas costas: Causada pelo aumento do peso da barriga. Usar calçado com boa base de apoio ajuda a aliviar o sintoma, assim como evitar levantar objetos pesados.
  • Insónias: A sonolência inicial pode dar lugar à insónia, principalmente devido à dificuldade em encontrar uma posição confortável para dormir. Tente relaxar, usar almofadas para apoiar as costas e a barriga e dormir sempre de lado.

Se o clima o permitir, dê alguns passeios algumas vezes por semana. O ar fresco dar-lhe-á mais vigor, ajudará a relaxar,  favorecerá a sua circulação sanguínea e diminuirá algumas das dores e da rigidez que sentir.

Durma pelo menos 7 horas por noite e durma uma sesta durante o dia para chegar ao dia do parto o mais descansada possível.

Leia! Existem muitos livros disponíveis sobre a gravidez e sobre bebés, muitos desses com experiências de outras mães, o que pode ser divertido, diminuir as suas ansiedades e ajudarão a preparar-se para os acontecimentos que se aproximam.

Mantenha as suas consultas semanais antes do nascimento para que o seu médico possa acompanhar a sua evolução e a do seu bebé. À  medida que se aproxima a data do nascimento, saber que está tudo bem permitir-lhe-á relaxar e aproveitar as últimas semanas de gravidez.

O que acontece com o bebé?

É nesta fase que o bebé mais cresce. Durante este trimestre, o seu bebé começa a produzir gordura sob a pele e ganha peso rapidamente a cada semana, dentro da barriga da mamã.

Com a 27ª semana de gestação inicia-se um período de grande crescimento que se mantém até à 37ª semana, altura em que o bebé é considerado de termo e está pronto para nascer.

O bebé:

  • Começará a desenvolver um ciclo de sono-vigília. Muitas mamãs conseguem perceber quando ele está acordado e a mexer-se ou quando está a dormir e sossegado. Poderá também notar períodos de movimentos rítmicos que provavelmente significam que ele está com soluços.
  • O bebé começa agora a chuchar no polegar ou a fazer o movimento de chuchar com a boca, o que significa que quando nascer ele já aprendeu a mamar.
  • As pálpebras já estão separadas, o que significa que as pode abrir e fechar regularmente.
  • É desenvolvida a capacidade de ver e de ouvir, começando o bebé a reagir aos estímulos do meio-ambiente, tais como ruídos, música ou luz.

Prepare-se!

No terceiro trimestre, deve organizar tudo para a chegada do bebé. Deixamos-lhe algumas dicas:

  • As roupinhas do bebé devem ser todas lavadas por volta das 30-32 semanas, antes de preparar a mala da maternidade.
  • A mala da maternidade deve estar preparada a partir das semanas 34-35 da gravidez;
  • Caso opte por realizar um Baby Shower (ou festa do chá do bebé), o ideal é preparar a festa para que aconteça por volta das 32 semanas. Assim, a mamã ainda está com disposição física para a comemoração e pode trocar alguma prenda antes do nascimento do bebé, caso queira.
  • Curso de preparação para o parto – as aulas geralmente são a partir do 7º mês da gestação.
  • Caso deseje, agende uma visita ao hospital, maternidade ou unidade de saúde onde planeia ter o seu bebé para conhecer as instalações e familiarizar-se com o ambiente que vão encontrar no dia do parto. 
  • Preparar o quarto do bebé é uma atividade especial para os pais. Sonhar com os pormenores, e o que irão viver naquele espaço aumenta ainda mais esse sentimento. Idealmente, o quarto deverá estar pronto antes do bebé nascer, de forma a dar tempo que os cheiros de tinta desapareçam, e que as roupas e acessórios estejam já arrumados.
  • A escolha de um pediatra é uma decisão muito importante e deve ser tomada com calma e ponderação. Pode pedir opinião de amigos, familiares ou do seu médico. Marque uma entrevista para se conhecerem, antes do bebé nascer. O seu bebé também poderá ser seguido pelo seu médico de família assistente.
  • Se a opção do casal é recolher e guardar as células estaminais, é hora de selecionar a empresa de criopreservação e obter o Kit de colheita. Depois de o ter, guarde-o junto da mala de maternidade para evitar um esquecimento no caso de surgir alguma urgência.
  • Tente ir às compras antes do bebé nascer, abastecendo a casa de alimentos e produtos necessários para o pós-parto. Pode até deixar algumas refeições preparadas e congeladas para os primeiros dias em casa;
  • Faça o percurso de sua casa até à maternidade onde planeou ter o seu bebé. Assim terá noção do tempo que irá precisar para a viagem.
  • O nascimento do bebé pode acontecer antes da data prevista, por isso tenha tudo à mão, num local acessível: os contactos de táxi, bombeiros ou outro caso seja necessário, contacto dos familiares que querem avisar assim que estiverem a caminho da maternidade, documentos necessários, a mala do bebé, a mala da mamã, …

Aproveite estes últimos meses para abrandar e exigir menos de si própria. Pense que este é um momento muito especial e único. Lembre-se que todo o desconforto físico da gestação que está a sentir agora é apenas temporário e desaparecerá brevemente! Tente relaxar e aproveitar ao máximo. Está quase a chegar o dia!

Artigo escrito pela Equipa Mamãs Sem Dúvidas, com a revisão da Drª Michelle Sister, Médica de Clínica Geral

As transformações físicas e emocionais durante a gravidez

Partilhar artigo

Artigos Relacionados