Parto e Pós PartoAmamentaçãoAmamentação: as vantagens do leite materno

Amamentação: as vantagens do leite materno

É muito importante saber que o leite materno é o melhor alimento para o seu bebé! Ainda que seja necessário recorrer ao suplemento para recuperar peso, deverá insistir em colocar o bebé na sua mama. Assim, o estímulo para a produção de leite não se perde e as vantagens do leite materno são mantidas.

Conselhos práticos

Mesmo que surjam alguns problemas ao amamentar o seu bebé, não esqueça que há vantagens do leite materno:

  • O seu bebé tem de mamar desde a primeira hora. O primeiro leite que a mulher produz é claro e aguado. A sua quantidade é muito menor do que a do leite “maduro”, mas é a necessária para alimentar o seu filho.
  • O colostro vai ajudá-lo na formação das suas defesas.
  • O seu bebé deve pegar na sua mama de forma correta para mamar de um modo eficaz. Tenha confiança em si, converse com o seu médico.
  • Nunca descure os cuidados com a sua mama, faça as massagens específicas (se necessário), mantenha uma higiene efetiva e, principalmente, acredite que pode e conseguirá dar de mamar ao seu filho.
  • Nunca se esqueça que o melhor contributo que pode dar ao seu filho, é o leite. Durante a amamentação, ofereça amor e carinho tornando esses momentos especiais.

Qual a posição ideal para amamentar?

A melhor posição é aquela em que você e o seu bebé se sintam mais confortáveis. Não se esqueça de lavar bem as mãos antes de amamentar.

  • Na posição tradicional
  • Com o bebé ao colo, as costas direitas e uma perna cruzada, que permite ao bebé manter-se sentado;
  • Semi-deitada
  • Deitada de lado e sustendo a cabeça com um braço e com o outro sustendo o bebé meio inclinado, junto a si;
  • Sentada no chão
  • Com as pernas dobradas e os joelhos fletidos.

Qualquer uma destas posições é, por norma, confortável para o seu bebé e para si. A escolha é sua. No entanto, não se esqueça que deve ter as costas sempre apoiadas.

Não se esqueça de que existem fatores que podem influenciar o volume e o valor nutricional do leite produzido, daí que o acompanhamento clínico regular beneficie a mãe e o bebé, já que pode permitir uma avaliação clínica correta e um adequado aconselhamento.

As mães podem sempre dirigir-se aos espaços amamentação nos Centros de Saúde e Maternidades ou solicitar a presença de uma Conselheira em Aleitamento Materno que dará todo o apoio ao domicílio.

Artigo escrito pela equipa Mamã, Papá e Eu, Centro de Informação de Puericultura

 

Saber mais sobre amamentação

ARTIGOS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

Especial Grávida Online

5 de junho às 21h Como funciona? No dia 5 de junho, entre as 21h, contamos consigo no Especial Grávida Online.Ao inscrever-se gratuitamente, habilita-se a ganhar...

Intercomunicador Miniland e Mala Maternidade Uriage

até 31 de maio   Como funciona?   Está grávida? Participe neste PASSATEMPO e habilite-se a receber uma Mala da Maternidade com produtos Uriage e ainda um Intercomunicador...
Mamãs Sem Dúvidas - Conteúdo e dicas exclusivas para mamãs

Eu como mulher, mãe e pessoa: autoconhecimento, autoconfiança e autoestima

Quando nasce um bebé nasce uma mãe. Frequentemente focamo-nos no papel de mãe e deixamos para trás a Mulher, a pessoa, esquecida no meio da...