O BebéDeve o bebé dormir de barriga para cima?

Deve o bebé dormir de barriga para cima?

Esta é uma questão que levanta sempre muitas dúvidas e desconfianças aos pais. Muitas vezes recebem essa indicação por parte dos profissionais de Saúde mas não compreendem muito bem o porquê da adopção destas medidas.

Este é um erro que frequentemente se comete – o de não explicar a razão porque que se recomenda determinada medida. Por vezes esta falta de explicação leva ao não cumprimento e por isso mesmo, em workshops, temos várias situações de pais que respondem:

– “Sim, realmente recomendaram deitar o meu bebé de barriga para cima mas eu acho que não o vou fazer porque não me sinto seguro(a) nem tranquilo (a), acho que ele se engasga mais facilmente se bolçar, logo maior é a probabilidade de asfixiar com o próprio vómito.”

É importante explicar que esta medida foi adotada porque se verificou que esta posição, desde que começou a ser adotada, em meados dos anos 90, baixou imenso o índice de morte (gráfico ao lado), sem aumentar o número de mortes por aspiração do vómito. Esta medida permitiu reduções da mortalidade entre os 20 e os 67%.

E porque não aumentou o número de mortes por aspiração do vómito?

A parte mais pesada do corpo de um bebé é a cabeça.

Quando o deitamos de barriga para cima (decúbito dorsal), ele instintivamente vira a cabeça para um dos lados, por isso, se bolçar, o vomitado cai diretamente para o colchão, por força da gravidade.

Se colocamos o nosso bebé de lado (decúbito lateral), ele não tem força suficiente para rodar o corpo e segurar a cabeça para se defender da “pocinha” de vómito no colchão. Com o peso da cabeça mais a força da gravidade a “puxar” a cabeça para baixo, maior é a probabilidade de aspiração do próprio vómito.

Além do referido, existem outras razões porque a posição de lado (decúbito lateral) e/ou posição de barriga para baixo (decúbito ventral) é desaconselhada, porquê?

Porque o bebé mais facilmente respira o próprio ar expirado, condicionando uma elevada concentração de anidrido carbónico no ar inspirado e aumenta o sobreaquecimento por diminuição de perda de calor pelo rosto e pela cabeça. Além disso a pressão exercida na face do bebé também dificulta a respiração e a inibição dos reflexos laríngeos.

Definitivamente dormir de lado (ou de barriga para baixo) não é tão seguro como de costas, a não ser em situações especiais, prescritas pelo médico pediatra.

Artigo escrito pela equipa B-MUM

Pode contactar a equipa B-MUM no Instagram, Facebook e LinkedIn ou através do email [email protected].

https://academia.mamassemduvidas.pt/

ARTIGOS RECENTES

ARTIGOS RELACIONADOS

Especial Grávida Online

29 de fevereiro às 18h - 19h30 Como funciona? No dia 29 de fevereiro, entre as 18h e as 19h30, contamos consigo no Especial Grávida Online.Ao...

Cadeira da Papa

até 29 de fevereiro   Como funciona?   Está grávida? Participe neste PASSATEMPO e habilite-se a receber uma Cadeira da Papa! 📅 Válido para inscrições até dia 29...
Mamãs Sem Dúvidas - Conteúdo e dicas exclusivas para mamãs

Eu como mulher, mãe e pessoa: autoconhecimento, autoconfiança e autoestima

Quando nasce um bebé nasce uma mãe. Frequentemente focamo-nos no papel de mãe e deixamos para trás a Mulher, a pessoa, esquecida no meio da...